Bengala Inteligente para deficientes visuais

Bengala Inteligente para deficientes visuais

A fim de utilizar a tecnologia para promover acessibilidade e autonomia entre pessoas com deficiência visual parcial ou total, dois professores dos cursos de Tecnologia da Informação da Universidade do Grande Rio (Unigranrio) vem desenvolvendo junto de alunos algumas soluções para auxiliar tais populações.

Intitulado TIA – Tecnologia da Informação para Acessibilidade, o programa criou um software capaz de guiar as pessoas com deficiência visual, bem como alguns acessórios que podem oferecer maior autonomia a partir do uso da tecnologia.

O programa é liderado pelos professores Miguel Carvalho e Alexandre Louzada junto de alunos, e parte da ideia de que um elemento fundamental da dinâmica das deficiências está não na pessoa, mas sim nos meios que dificultam a autonomia.

Para isso, o software desenvolvido como feio principal do programa calcula distâncias, reconhece vozes e comandos, identifica e diferencia pessoas e objetos, bem como expressões faciais e é capaz até mesmo de realizar pesquisas.

Leia mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.