Automação e Controle: Sistema de Irrigação Automatizada

Automação e Controle: Sistema de Irrigação Automatizada

O trabalho da autora de pós graduação em eng. Mecatrônica apresenta, não somente o conceito de automação e controle, mas consistiu na elaboração de um sistema de irrigação de uma determinada plantação para uso medicinal, aplicando as tecnologias disponíveis, com o objetivo à melhoria de qualidade de vida para pacientes e/ou seus responsáveis, melhoria da qualidade do produto, diminuição do consumo desnecessário de água, facilitando o plantio e aumentando o ganho sobre o cultivo.

Para executar esse projeto foi utilizada o módulo Wi-Fi ESP8266 NodeMCU ESP-12 que desempenha o papel de controlador do processo, realizando o tratamento de sinais provenientes do meio externo e enviando comandos de acordos com os sinais de temperatura do ar, umidade relativa do ar, temperatura do solo e umidade do solo.

O software decidirá, com autonomia, a quantidade certa (e quando) que o plantio deverá receber calor e água. Um sensor de umidade de solo, por exemplo, implantado na área de plantio fará o monitoramento do solo que de acordo com uma comparação entre a umidade ideal e a umidade media consequentemente o acionamento de rele será ligado, permitindo a irrigação. Assim que o solo atingir a umidade de referência, o sistema de controle Wi-Fi ESP8266 NodeMCU ESP-12 interrompe a irrigação, desligando o rele, assim como o controle de uma lâmpada elétrica, esta ultima para ser usada na geração de calor para as plantas.

O sistema ainda prevê, por meio de uma tela LCD, o acompanhamento dos parâmetros indicados, em tempo real, bem como a intervenção manual de um operador, tanto de forma local quanto remotamente, via Internet, o status dos reles, a fim de controlar o acionamento de uma bomba de água e de uma lâmpada elétrica.

O diferencial desta aplicação é utilização de sensoriamento remoto via Wi-fi com a plataforma Blynk e outro diferencial é o estudo da necessidade da adaptação dos parâmetros para cada tipo de cultivo, e nesse caso será feito para cultivo de cannabis com alto teor de CBD (Canabidiol) direcionados a pacientes com síndromes raras com crises convulsivas de difícil controle, principalmente às crianças.

Esse tipo de cultivo, de cannabis, com teores de CBD ou THC, favoreceria pacientes com diversas patologias: de Parkinson a Esclerose Múltipla, passando por quimioterapia a crises convulsivas refratárias, assim como, associações para fins terapêuticos, profissionais na área de saúde e acadêmicos que trabalhem em pesquisa. Também beneficiaria mães ou responsáveis de crianças especiais e paciente que desejem cultivar, mas a demanda de tempo e cuidado não possibilita.

A plataforma então permitirá o cultivo inteligente, em ambientes internos, associado a um aplicativo com monitoramento, automação e controle de temperatura e umidade do ar, luminosidade, temperatura e umidade do solo, entre outros.

Palavras-chaves: Automação e Controle, Plataforma de Cultivo, Cannabis, LCD Oled,
Canabidiol, Irrigação, Wi-Fi ESP8266 NodeMCU ESP-12, Sensor de Umidade.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.